História

A criação da ESA/DF

Até 1989, as atividades de educação continuada realizadas no âmbito da OAB/DF ficavam a cargo de um centro de formação e aperfeiçoamento profissional.

Naquele ano, por iniciativa do então presidente da OAB/DF, Francisco de Lacerda Neto, o Conselho Pleno da OAB/DF decidiu pela institucionalização de uma Escola para cuidar das atividades educacionais da Seccional.

No dia 27 de outubro de 1989, o Conselho aprovou a proposta de criação da Escola Superior da Advocacia do Distrito Federal (ESA/DF). Foi, portanto, editada a Resolução nº 4, de 1989, que foi publicada no Diário Oficial da União somente no dia 21 de novembro de 1989. Essa, por conseguinte, é considerada a data oficial de criação de nossa Escola.

Desde então, a ESA/DF vem crescendo e se estruturando para oferecer a toda a advocacia do Distrito Federal um número crescente de cursos e palestras.

Modernização e ampliação da infraestrutura 

Em 2010, durante a gestão do presidente Francisco Queiroz Caputo Neto, a ESA/DF passou uma grande reforma. As antigas e provisórias salas isoladas deram lugar a um espaço amplo e moderno espaço, que passou a ocupar a metade de um andar no edifício-sede da OAB/DF. A Escola passou, finalmente, a ter um espaço próprio e cuidadosamente projetado para um ensino jurídico de qualidade.

Por sua vez, em 2015, durante a gestão do presidente Ibaneis Rocha Barros Júnior, a ESA/DF teve seu espaço ampliado. Foram construídas mais três salas de aula e uma sala de estudos e, com isso, a Escola passou a ocupar todo o 2º andar do edifício-sede da OAB/DF.

Reestruturação e profissionalização: a ESA/DF conectada com a nova advocacia

Em 2019, na gestão do atual presidente, Délio Lins e Silva Júnior, a ESA/DF passou por uma abrangente reestruturação institucional, em comemoração aos 30 anos de sua fundação. Inicialmente, foi aprovado um novo Regimento Interno (que substituiu a versão que vigorava desde a época de criação da Escola). Em seguida, a revitalização da marca com a produção de uma nova identidade visual, e a Escola passou a ter um lema: “conectada com a nova advocacia“.

Nesse mesmo ano, foi feita uma nova reforma na estrutura física, que ampliou a área administrativa da ESA/DF, modernizou o auditório e resultou na construção de um Laboratório Multimídia, que será especialmente dedicado aos cursos de Processo Judicial Eletrônico (PJe) e de Sistema de Cálculos Trabalhistas (PJe-Calc).

No início de 2020, a estrutura organizacional da ESA/DF foi profundamente reformulada e profissionalizada. A área administrativa da ESA/DF, antes restrita a uma pequena secretaria, foi ampliada, passando a contar com uma Coordenação Administrativa e uma Coordenação Acadêmica, cada uma com sua equipe própria de funcionários.

Atualmente, a Escola dispõe de um espaço de cerca de 830 metros quadrados e oferece, em média, 350 ações educacionais, recebendo mais de 10.000 matrículas por ano.